3 dicas para sobreviver ao verão na cidade

3 dicas para sobreviver ao verão na cidade

O verão está aí e com ele chegam as fotos de férias dos nossos amigos. Parece que toda a gente está na praia ou no campo e nós somos os únicos sem direito a escapadinhas. Mas há esperança: no Sintra Retail Park desvendamos as dicas de sobrevivência para um verão na cidade, sem filtros.  

Vestir para crer 

Facto: os chinelos não são perfeitos para navegar entre casa e o escritório. Afinal, há carros para conduzir, transportes para apanhar, clientes para impressionar. Solução: abrir alas às alpercatas coloridas. Com sola de corda e atacadores, o modelo às bolinhas (Seaside) junta o melhor do calçado veraneante ao conforto dos ténis urbanos.  

Outro facto: as camisas azuis de manga comprida não são a peça ideal para nos lembrar o verão. Por que não dar um toque tropical ao guarda-roupa do dia-a-dia? Uma camisa com estampado tropical (Tiffosi) faz maravilhas pelo clássico par de calças bege. Toca a fazer do padrão com folhas de palmeira o novo uniforme de trabalho. 

Nada diz mais “look de verão” que óculos de sol originais. Se vamos sobreviver a vagas de calor na cidade, façamo-lo protegidos e com estilo. Com armação em tartaruga e design inovador, os óculos de sol aviador (MultiOpticas) abrem o apetite para banhos de sol à beira mar.  

Keep it fresh 

Aos elementos ar e água, juntamos um novo: gelado. Só assim conseguimos manter os níveis de frescura. E se o pudéssemos ter em casa, sem ter de enfrentar o calor da rua? Com a máquina de gelados Sogo (Media Markt) conseguimos fazer 1.5 litros de gelado em apenas alguns minutos. Adeus, dieta. Olá, sabor! 

De volta aos elementos, água é vida. Quando as temperaturas sobem é essencial não descuidar a hidratação. Para os que ainda não aderiram à tendência ecológica das garrafas reutilizáveis, agora é o momento. Em aço inoxidável, a garrafa térmica da Everlast (SportsDirect) mantém a água fresca por 16 horas. 

E para que o gelado e a água cumpram a sua missão, temos de garantir que a temperatura ambiente dá uma ajuda extra. Com três velocidades, a ventoinha de chão Ferrari Vortex (Radio Popular) cria brisas até na mais abafadas das divisões. A melhor parte? É fácil de transportar casa fora

Lá fora está-se melhor 

Só porque estamos na cidade, não quer dizer que tenhamos de estar confinados entre quatro paredes. Nos dias mais quentes, em especial pelo pôr-do-sol, as varandas e marquises podem transformar-se em verdadeiras esplanadas. Tudo começa com a iluminação certa: uma lanterna (Gato Preto) dá de imediato outra cor aos finais de tarde 

Independentemente da vista, há sempre pequenas mudanças que podem espevitar a vida além janelas. Nem tudo tem de se resumir a um banco de plástico encostado ao estendal da roupa. No Sintra Retail Park, acreditamos que acadeiras de lona (DeBorla) merecem um lugar de destaque nas varandas portuguesas.  

A pensar na frescura dos patudos lá de casa, a última sugestão promete não meter água. Descobrimos uma piscina para cães (Ornimundo) perfeita para as casas citadinas. Com 160 X 30 cm, este oásis canino dispensa montagem e cumpre todos os requisitos de segurança. Resta saber se os humanos resistem à tentação de chapinhar com os amigos de quatro patas!